Aprender e evoluir

Como já coloquei aqui algumas vezes, logo depois do banks de Águas Claras ter sido construído, eu comecei a andar lá, meio que realizando um pequeno sonho de adolescência. Naquela époda, quando a galera se reunia pra ver as fotos da Skateboarder Magazine e via os feras da grigolândia andando nas piscinas secas, todo mundo ficava babando com muita vontade.

Esse sonho só começou a se realizar quando eu vi pela primeira vez a pista que foi construída. Na mesma hora eu pensei em andar ali, mas nesse primeiro dia não encarei. Mas, assim que pude fui tentar.

Virou rotina!

Agora, sempre que posso dou uma passada em Águas Claras pra tentar um pequeno rolé!

Com essa brincadeira, tenho evoluído um bocado, conseguindo chegar bem mais próximo do coping que conseguia há pouco menos de um ano, quando andei pela primeira vez lá. Mesmo assim, a evolução é lenta, pois não dá pra arriscar muito (não tenho mais idade pra ficar arriscando, e não tenho o menor interesse em me machucar).

Já estava, há algum tempo, pensando em pegar umas aulas pra ver alguns macetes de como fazer melhor. Cheguei até a tentar, mas a coisa não ia pra frente! Fui na mini-rampa do Previdenciários, na Radical Livre Skate Escola, e tive umas duas ou três aulas com o Maninho. Só que foram tão espaçadas, e tão sem previsão de continuidade que ele nem cobrou. Até essa semana!

De maneira a me obrigar a fazer a coisa pelo menos constante, eu resolvi me comprometer de uma maneira diferente: fui à escola e já levei a grana pra pagar por um mês. Aí, por pelo menos quatro semanas, eu vou me obrigar a ir lá na escola pra aprender os macetes necessários pra um rolé mais consistente, e uma evolução mais segura.

O primeiro dia foi legal até pra ver que o fato de ter uma certa constância nas idas à pista foi produtivo, pois consegui ficar no vai e vem da mini-rampa de maneira muito mais suave e tranquila. E pensar que nem fakie eu conseguia há bem pouco tempo!

Além disso o Maninho me falou umas dicas que foram boas. No dia seguinte à ida à mini-rampa fui de novo na pista, e consegui uma linha mais fluida que estava conseguindo.

Evoluindo!!! Sempre!