Mais um tempo sem o carrinho

Há umas duas semanas eu resolvi tentar aprender a técnica para o rolé em mini rampas e que tais. Nunca fui bom nisso, apesar de já haver tentado algumas muitas vezes andar. Mas sempre sem sucesso!

O que me levou a realmente tentar aprender foi a possibilidade, ainda distante, de uma pista de skate aqui em Brasília. O DF possui diversas pistas, em várias das cidades satélite, e algumas delas são bem boas. Um exemplo de uma que gosto muito é a do Núcleo Bandeirante, que possui um banks e está recebendo um bowl que estava fazendo falta. Porém, em Brasília, não há nenhuma. Isso parece que está mudando, pois a Federação de Skate do Distrito Federal está trabalhando firme para conseguir a pista que Brasília merece.


Localização da Pista do Núcleo Bandeirante


Bom, mas o motivo do post não foi a pista, que merece mas vai ter que esperar um pouco.

Como escrevi ali em cima, resolvi aprender a andar em mini rampa, que é um grande começo para poder desempenhar bem em banks e bowls. Para isso conversei professores que conheço na modalidade para poder saber como ele gerencia o aprendizado, principalmente se tratando de um coroa cheio de vícios para andar de skate. Devido a diversos fatores, sendo o principal deles a localização da pista, acabei indo ao Clube dos Previdenciários, onde o Rolf Maninho dá aulas. Conversei bastante com ele, e fiz uma aula de testes, para ver se realmente iria continuar com a ideia.

Gostei!

Claro que não consegui quase nada, pois o rolé é absurdamente diferente do que estou acostumado a fazer. Além disso já faz um bocado de tempo que não ando em um pista, e mesmo já tendo sido frequentador quase assíduo da pista do Bandeirante, perdi quase tudo do que usava lá, pois descer a ladeira em cima de um long é outra coisa quando comparado a andar numa parede inclinada!!!

Antes de ontem fui de novo na aula, e vi que realmente é muito legal o negócio. Consegui até fazer o pêndulo e apesar de perder a velocidade muito rapidamente, o que para pessoas que já conhecem o esquema não acontece. Para mim a dificuldade maior é conseguir controlar o carrinho quando em fakie, já que isso é uma coisa que nunca tinha conseguido. Bom, acho que vou continuar, mas isso vai ter que esperar.

Agora vem o porquê do título desse post: tenho ciática, que raramente me ataca, causando muita dor na perna esquerda. Como ela me atacou essa semana, vou ter que ficar um tempo sem andar no carrinho, já que não quero correr o risco de piorar a situação. Espero semana que vem estar bom de novo pra poder enfrentar uma rampa e conseguir aprender um pouco mais desse tipo de rolé que não conheço ainda.